Vozes Perdidas

Abjuro deuses perdidos na ousadia, Abjuro cada eco. Hora eterna de vidas. Na margem do grito a nossa heresia. Louvados sejam os signos do perdão dividido nunca antes partilhado. Hora incerta do nosso cansaço. Que devaneio entristece o momento. Houvera outra significação meu amor, houvera? Alva terra de incertezas. Abjuro deuses de um silêncio sem nome.

Vozes Perdidas

O mais sublime orgasmo

Não digas se não puderes

Expressa-o

Conflitua

Desperta

Arrasa

E cada signo é existência

sendo cada vida digna

Não te percas no vazio

não te esconjures no medo

a vida é só uma

e temos o destino como aragem

Não digas se não puderes

expressa-o em plenitude

Haveria mais sublime orgasmo