Sentires

Acrescento a miragem do silêncio,acrescento a lucidez do desaforo.E anoiteço intempestivo à queda dos silêncios.Esta margem anoitecida meu amor.
Vidas,canseiras e terrores.E navego para além de Zitundo.Sob meus pés fluem gritos soterrados,uma execução à maneira.Soubera cantar.Sob meus pés o rouco Grito de uma rajada.Outrossim e para além meu amor.Neste chão fluem espíritos desabrigados.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s