Memórias do Cárcere

A vida esta memória, a vida esta requerida autenticidade. A mini-saia subverte um calvinismo latente. O rosto crispa-se, a baioneta fuzila a mini-saia. Caquéticamente felizes. Que subvertido ardor de causas.

Obs:facto ocorrido em 1974,na Mafalala.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s