Vozes Perdidas

Outro o viaduto de noites.Outra a diversa estrada de luares.Catarse de voos .Na noite dispersa o sonho ilumina o tempo.Pária varanda do tempo.E a noite ilumina a tempestade de catarses.Sentido disperso da noite , sentidos incertos de mar.Houvera o sonho disperso na saudade.Outro o viaduto da terra, outra a margem incontida do sonho.Que esperança nos acode o destino ?Luar e margens,luar e sonho.Outro o viaduto da margem incerta, outro o sonho .Voo rasteiro de ilusões.Desterro acontecido de margens.Para ti este o imerso voo.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s