Vozes Perdidas

Este olhar disperso pela noite da vida. Morre-se a cada instante e aqui permanecemos cativos de tranquilidade. Morre-se, tão comum e este olhar fogo disperso. Houvera outro sentido, houvera outros instantes de luar. Cativos de lugares comuns onde o ritual do extermínio se constituiu normalidade. Pudera voar e ser, pudera voar e amar qual pétala absorta… Lua nova dos nossos trópicos.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s