Segmentação do Espírito

Cadafalso

Vim dos cadafalsos anunciar as verdades magoadas

Senti do irreal o profano

Cozi-me ao resfriado dos nossos tórridos pensamentos,ilusões

Verdades,enganos

Tudo vivido e sentido até ao eterno

Custa pensar o ambíguo

senti-lo até ao diafragma dos subversivos

Mas a vida não consente outra forma

De viver

Amo a ilusão do acto

Ser é o fascínio e não será o quanto baste

Haverá algo que baste ao homem ?

E neste ritual ,impossível! O brado

12.10.1995

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s