Vozes Perdidas

Abjuro deuses perdidos na ousadia, Abjuro cada eco. Hora eterna de vidas. Na margem do grito a nossa heresia. Louvados sejam os signos do perdão dividido nunca antes partilhado. Hora incerta do nosso cansaço. Que devaneio entristece o momento. Houvera outra significação meu amor, houvera? Alva terra de incertezas. Abjuro deuses de um silêncio sem nome.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s