Vozes Perdidas

Ecos de solidão, ecos de vida e incerteza. Neste lugarejo de tédio a nossa afirmativa condição. Houvera certezas aprisionadas.Neste algures o caminho,o rosto adverso do caminho.Errantes da condição que se contradiz e grita.Filhos da terra, filhos da mais pura incerteza.E naquela visceral margem,o incandescente fumo.Somos os redimidos da dúvida. Chamuscados,incenerados ou quem sabe plenamente ausentes de si.Houvera um rosto sem lágrimas, ardência de noites sem nada.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s