Vozes Perdidas

[ ] Abraça-me os silêncios da terra acontecida.Cruel fora a margem.Neste absurdo o silêncio..Soubera amar no rapto da convivência.Algures esquecemos que a vida fora ansiedade ,algures na voz da autenticidade.E o amor nos dispersa acontecido.Vidas insepultas no voo.Abraça-me as terras incertas.Algures sonhamos .Voos imiscuídos na difusa sombra.E a voz nos acontece.Insepulto voo desterrado.Que silêncio nos acontece.E a voz nos sacode em mistérios.Suave seja o desterro ,suave seja a partilha.Abraça-me a candura do mistério
[ ]

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s