Vozes Perdidas

Amo o vosso silêncio. Amo a estrada que a nada me conduz.Estou ridículo como nunca.E Nyatsembene de sangue rasgando a estrada,nos acomete a vida.Foi ou é a perplexidade a que os filósofos denominam a naúsea ? As formulações são terrenas.Vivos como uma morte anunciada.Madender wato!Soubera amar,amar como nunca.E algures espero-te como um sol de esperanças desmaiadas.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s