vozes perdidas

Celebro a vida celebro existências.Pudera sorrir na sombra de um resguardo de vegetação. Estou dissimulado.Os homens buscam os outros para uma partida de desafiadores. Estamos inertes,respirando o necessário,imóveis o quanto baste.Uma inadvertida tosse ou cochilho pode ser um expediente do Adeus fatal.A cobra silenciosa pousa e se imibiliza temerosa.Este dom da vida é profundo.Luares noites de luar indesejáveis. Sim este testemunho é absurdo.Pudera que sim e ama-se.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s