Vozes Perdidas

Algures no voo a nossa solidão.Neste ensaio o voo da aterrizagem.Estamos algures como o mundo algures como o silêncio da estrada.Foram as vozes ausentes como o silêncio, contrafeito grito.Neste mar a nossa estrada dispersa.Somos a lua despontando.Terras insuspeitas terras incertas da nossa exaustão.Inquieta fosse a hora.Em terras perdidas de mero voo a nossa solidão.Algures meu amor a dispersa ternura.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s