Vozes Perdidas

Vidas meu amor meras vidas.Algures o voo é estranho.Incerto silêncio .Na terra desavinda o mistério.Somos a luz que se prende e liberta.Nosso amor nosso devaneio.Por terras insuspeitas a voz se esconjura e dilacera.Nosso amor nossa luz.Quebram-se ossos dilecta profissão e o mundo indiferente circula.Houvera fraternidade houvera lucidez.Caminhos de morte predisposta ao triunfo.Neste aqui estar o voo a liberdade flectindo sangue.Ora aqui estamos e porventura cruel fuga.Vidas incendiadas de razão e desconcerto mas vidas.Soubera voar ,voar

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s