Vozes Perdidas

Viajantes deste Destino sem Nome

Viajantes de tempos transcorridos
viajantes da eternidade
aluindo para além da interrogação
fortuita condição
viajantes deste destino sem nome
eternos caminhantes d’angûstia
Nestes frios alço-te
e a solidao responde infinda
Não sei se tristeza
Não sei se euforia
Somente este larve silêncio ressoando
Ecos fluîndo
ecos florescendo
terra ignota

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s